tipos de internet banda larga

Tipos de internet banda larga: qual é a melhor opção para sua empresa?

Hoje é impossível pensar em uma empresa atuar de forma offline. A maior parte dos processos dependem diretamente ou indiretamente de conexão de rede. Com a adesão ao cloud computing e às soluções SaaS, isso se tornou ainda mais importante.

Ainda podemos mencionar os negócios cujo core business depende diretamente da rede. É o caso, por exemplo, de provedores de internet, empresas especializadas em TI, e-commerces, entre outros. Diante disso, é fundamental que as organizações priorizem boas conexões via banda larga para realizar suas atividades de forma eficiente.

Neste post, vamos mostrar quais são os principais tipos de internet banda larga e tirar suas dúvidas sobre o tema. Boa leitura!

Fibra óptica

A fibra óptica é um modelo de conexão no qual a informação é transmitida por meio de pulsos de luz que viajam através de cabos de plástico ou vidro. Uma de suas principais vantagens é poder gerar altas velocidades de conexão, com boa estabilidade.

Isso é possível, principalmente, devido ao alcance da fibra óptica de maiores distâncias, não havendo a necessidade de tantas estações de retransmissão, o que diminui as possibilidades de problemas e, consequentemente, a interrupção do sinal e manutenção das estações. Gera-se uma menor latência, maior potência de sinal e, também, faz com que se evite perdas de transmissão por não estar suscetível a interferências eletromagnéticas.

A fibra ótica pode ser adotada em modelos FTTH (Fiber to the Home, no qual o cabeamento vai até a residência da pessoa) e o FTTC (Fiber to the Curb, em que os cabos de fibra óptica vão até determinado switch no poste, e a conexão é gerada para as residências através de cabos de par trançado).

Sua desvantagem é um alto investimento inicial para sua adoção pelos provedores de internet. Em compensação, por ser um modelo com facilidade de ser escalável, você poderá aumentar a velocidade disponibilizada ao longo do tempo. Ou seja, é um investimento que oferece um bom retorno. Para o usuário, é uma conexão estável, com velocidades simétricas de upload e download e que pode alcançar uma velocidade elevada.

Satélite

Na internet via satélite, o usuário recebe o sinal através de uma antena, que capta o sinal de um satélite. É bastante utilizada em regiões afastadas de centros urbanos, que não possuem acesso à rede. Outro ponto vantajoso é que consegue abranger todo o território nacional. Além de ser uma conexão de custo mais elevado, não oferece uma velocidade alta para a sua empresa e, também, pode sofrer interferências climáticas (em dias chuvosos, ter um resultado ruim ou fortes oscilações).

Rádio

A conexão via rádio é outro modelo bastante difundido por ter abrangência nacional e, também, poder funcionar sem fios. O sinal chega na residência do usuário através de uma antena, que capta o sinal de rádio. Sua velocidade pode ser razoavelmente elevada. Uma questão problemáticas de sua adoção para a empresa é que o sinal sofre interferência facilmente de qualquer barreira física e de condições climáticas. Ou seja, em um dia chuvoso, você pode ter problemas com a estabilidade de conexão.

Cabo

A internet via cabo é bastante semelhante à DSL (um dos modelos mais tradicionais utilizados no Brasil). Porém, você não fará a conexão através do cabeamento da linha telefônica, e sim por uma estrutura de cabeamento de rede para conexão à internet, por cabo UTP.

Possui uma taxa de upload muito boa, com velocidades altas. Porém, tem um problema: se tiver um alto volume de pessoas na banda, você poderá sofrer problemas com gargalos e, consequentemente, quedas na conexão. Ou seja, em horários de pico, poderá ter uma experiência ruim com a conexão — a questão é que, para muitos negócios, esse é justamente o horário de maior atividade para a empresa.

Nesses casos, adotar a conexão a cabo pode exigir a contratação de um link dedicado, que garantirá que apenas o seu negócio utilize aquela banda e, portanto, não terá problemas com congestionamento. Todavia, isso implica maiores custos para a sua empresa.

5G

A 5G ainda não está disponível no Brasil, mas é importante que você já esteja atento para a sua chegada, já que promete revolucionar os modos como as conexões móveis serão realizadas e, também, poderá ser implementada em seu negócio.

Ela será a quinta geração da telefonia móvel, podendo alcançar velocidades de até 100 Gbit/s, com uma latência para menos de 1 milissegundo. Além disso, oferecerá suporte para um maior número de equipamentos, permitindo sua adoção em equipamentos pertencentes à Internet das Coisas (IoT).

Com isso, os colaboradores das organizações poderão atuar com esse padrão de conexão em seus dispositivos móveis, com maior facilidade e agilidade, bem como adotá-la em sensores disponíveis em negócios. A consulta de edital para a concessão do 5G, com os detalhes técnicos, esteve aberta em abril e, em tese, o leilão deve acontecer em novembro. Há muita expectativa para isso, então podemos esperar grandes novidades para o futuro.

É fundamental fazer uma escolha adequada para a realidade do negócio, que deverá levar em consideração questões importantes, tais como:

·    se natureza do negócio, ou seja, ele trabalha diretamente com internet e inovação, ou se a conexão ruim prejudica o core business ou inviabiliza as suas atividades?

  • se você depende de um ambiente de inovação para gerar resultados no dia a dia;
  • se a empresa realiza reuniões diariamente por meio de videochamada, de forma que há demanda por uma conexão ágil e de qualidade;
  • se a empresa trabalha com alto volume de dispositivos conectados simultaneamente;
  • qual o fluxo de informações que circulam no negócio continuamente, e se há necessidade de acesso a alto volume de dados continuamente.

Conhecer os principais tipos de internet banda larga fará com que você observe quais são as necessidades do seu negócio, verificando os pontos positivos e negativos de cada uma das opções que listamos neste post. Uma escolha inadequada pode causar prejuízos consideráveis para o seu negócio e, portanto, é imprescindível avaliar bem antes de tomar qualquer decisão. Lembre-se de que você estará investindo em um ponto significativo para as atividades da sua empresa.

Gostou do conteúdo? Assine, então, nossa newsletter e receba outros assuntos imperdíveis diretamente em seu e-mail. 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente ?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.