infraestrutura de data center

Infraestrutura de data center: como montar a ideal?

Infraestrutura de data center: qual a sua importância e como montar a ideal? Com a transformação digital, muitas empresas que antes não estavam tão atentas à tecnologia passaram a perceber o quanto esse recurso é importante para o sucesso dos negócios. 

Ter suporte para processar a quantidade de informações que são geradas no dia a dia é um dos grandes desafios enfrentados pelas médias e grandes empresas. É aí que entra a infraestrutura de data center.

Quer entender melhor o que é essa infraestrutura, como ela funciona e que tipos existem? Continue a leitura para aprender!

O que é infraestrutura de data center?

Quando falamos em infraestrutura de data center, estamos nos referindo aos recursos físicos e de hardware que permitem que uma empresa mantenha um data center no ar. Ela é modelada e identificada por um design que deve necessariamente incluir uma lista completa de infraestrutura tecnológica e de equipamentos que são necessários para que o data center funcione.

Para conquistar a infraestrutura de data center ideal, dois fatores devem ser considerados acima de tudo: disponibilidade e segurança. São eles que permitirão que você construa um data center a prova de futuro, ou seja, que vai servir a sua empresa por muitos anos sem se tornar obsoleto.

Existem duas modalidades de data center muito comuns: local e virtual. Abaixo, você entende a diferença entre essas modalidades e quais são as vantagens de cada uma delas.

Data center local

O data center local é a infraestrutura mais tradicional. Ele é construído e mantido pela empresa e, por isso, demanda a disponibilidade de uma equipe de TI. Os data centers convencionais são localizados dentro ou próximo do negócio e contam com máquinas que devem ser atualizadas e mantidas periodicamente.

Esse modelo de data center é bastante vantajoso pela centralização de informações que proporciona. Ele também oferece para as empresas mais controle sobre a sua infraestrutura de dados. 

Entre as suas desvantagens, porém, estão o custo elevado de manutenção e o risco de parada por problemas técnicos ou limitação do armazenamento de dados.

Data center virtual

O data center virtual, como o próprio nome já indica, roda 100% na nuvem e é contratado como um serviço pela sua empresa (IaaS). A operação do data center é toda feita por meio de links de comunicação, que podem ser transmitidos pela internet ou de ponto a ponto. Nessa categoria, há mais opções de data center à disposição do cliente, de acordo com as suas necessidades.

Entre as vantagens dessa modalidade de data center estão a redução de custos com infraestrutura e a modernização da tecnologia, bem como o risco reduzido de indisponibilidade. Já no campo das desvantagens, temos a falta de controle sobre o sistema como um todo e outros problemas que podem ser gerados pela falta de planejamento.

Optar por um data center convencional ou um data center virtual deve ser o primeiro passo na hora de montar a sua infraestrutura.

Quais são os componentes da infraestrutura de data center?

Agora que você já sabe o que é uma infraestrutura de data center, deve estar se perguntando: quais são os componentes que fazem parte dessa infraestrutura?

Em geral, para que um data center local funcione corretamente, são necessários:

  • servidores;
  • computadores;
  • equipamentos de rede, como switches;
  • sistemas de segurança, como os firewalls;
  • sistemas de armazenamento;
  • fitas de backup;
  • aplicações de administração de data center;
  • outros recursos não computacionais, como energia elétrica, racks para servidores, cabos e uma conexão segura e estável com a internet.

Os data centers virtuais, por sua vez, exigirão apenas uma conexão estável com a internet e a contratação de um serviço junto a um provedor. Eles podem ter uma implementação muito mais simples e ágil do que a dos data centers convencionais, mas a sua empresa não terá tanto controle sobre a infraestrutura quanto ao implementar o próprio data center.

Como montar uma infraestrutura de data center?

Pronto para começar a montar uma infraestrutura de data center na sua empresa? Confira o passo a passo para acertar nessa hora!

Passo 1: avalie o tamanho do data center

O primeiro passo na construção do data center deve ser avaliar o seu tamanho. A sua empresa não quer apostar em um data center muito maior do que as necessidades que tem hoje, mas também não quer comprar equipamentos na medida das necessidades atuais e se esquecer das expansões que serão necessárias no futuro.

Faça, junto da equipe de TI, uma avaliação das necessidades do negócio para chegar ao tamanho ideal. Se preciso, peça ajuda de uma consultoria de TI para se sair bem na avaliação.

Passo 2: pense em climatização para o seu data center

Data centers precisam mais do que energia para funcionar: eles também necessitam de uma temperatura adequada para não ir além da própria capacidade. Por isso, faça adaptações na área em que vai instalar o seu data center para que ela comporte equipamentos de resfriamento.

Passo 3: escolha com cuidado o local de instalação

Escolha com cuidado o local de instalação do seu data center, considerando não apenas a climatização do ambiente, mas a conexão com fontes de energia externas e os fatores de segurança necessários para proteger os dados da sua empresa. Níveis de acesso, carga de energia, largura de banda: tudo isso deve ser levado em conta.

Passo 4: invista na infraestrutura de comunicação

Para que o seu data center funcione, ele terá de ter uma infraestrutura de comunicação confiável com os demais computadores da sua rede. Verifique as instalações de internet e a disponibilidade de banda larga para sustentar as operações do seu data center local.

Invista em bons equipamentos para o seu data center. Switches de qualidade, roteadores de ponta e equipamentos de armazenamento de boa procedência serão necessários para que ele funcione a todo vapor.

Além de tudo que aprendeu até aqui sobre infraestrutura de data center, vale lembrar que, para manter operantes essas centrais de dados, é preciso oferecer manutenções preventivas e corretivas nos equipamentos. São elas que garantirão o bom funcionamento do seu data center e a longevidade dos equipamentos utilizados nele.

Ademais, é preciso estar atento sempre a novas soluções de software e hardware que possam ser agregadas ao seu data center. São elas que permitirão que uma mesma infraestrutura de data center sirva aos propósitos de uma empresa por um longo período de tempo.

E aí, gostou de conhecer mais sobre esse assunto? Não quer perder nenhuma atualização do nosso blog? Siga a Connectoway nas redes sociais! Temos perfis no Instagram e LinkedIn.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente ?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.